Lar Frei Aurélio: vitórias em 2019, sonhos para 2020

Somos uma Igreja em saída.

Por Ana Carolina Ronchi – Agência Kharis

A virada de ano é tradicionalmente o momento de fazer um balanço de tudo o que foi vivido ao longo de 12 meses e traçar novas metas para o tempo que vem chegando. Assim sendo, conversamos com o presidente do Lar Frei Aurélio Stulzer, José Augusto Carvalho Teixeira, para fazer a retrospectiva de 2019 da instituição e ouvir todo o planejamento que cerca o novo ano recém-inaugurado. 

Para José Augusto Teixeira, o ponto alto de todo o ano de 2019 nos assuntos que cercam o Lar Frei Aurélio diz respeito à solidariedade de todos os voluntários. O presidente afirma que é graças ao apoio recebido pelo pároco, padre Edemar Endringer, pelos paroquianos e por todas as doações que o Lar pôde realizar suas ações e se manter fortalecido ao longo de todo o ano. 

Muitas foram também as festividades que cercaram o Lar ao longo de todo o ano. São elas: Festa “Arraiá da Paz”; Costelada; Encontros das Famílias; Festa das Mães; Festa Julina; Festa dos Pais; Reabertura do Bazar; Passeio no Parque da Vale; Festa do dia das Crianças/Nossa Senhora Aparecida (aniversário do Lar); Mostra Cultural; Bazar das Bordadeiras e Festa do Natal. Esses eventos se apresentam com duas funções – a primeira (e fundamental) é trazer mais alegria e novas vivências àquelas que são o foco da instituição: as crianças. A segunda é arrecadar fundos para que o Lar possa dar continuidade ao seu trabalho. Foram graças a esses eventos que o Lar conseguiu cumprir todas as metas estabelecidas para 2019. Eram elas: o atendimento às crianças gratuito e em tempo integral, ações assistenciais às crianças e suas famílias e ações assistenciais de saúde.

Falar das finanças do Lar Frei Aurélio sem citar o Bazar é impossível. E em 2019 foi o ano em que o local passou por reforma. Com mais espaço e conforto aos clientes e voluntários a expectativa é que em 2020 ele continue a render bons frutos: 

“O Bazar tem um significado social. Ele possibilita às famílias das crianças acolhidas pelo Lar o acesso às roupas e objetos de qualidade e em excelente estado de conservação. O Bazar é responsável também por atender a outras pessoas que também não teriam condições de fazer suas compras no comércio tradicional, assim como coopera com entidades filantrópicas doando aquilo que não foi vendido. Além do significado social, o Bazar tem um grande significado financeiro também já que seu resultado participa com 30 a 40% das despesas do Lar”, aponta o presidente.

Para 2020 os desejos são os melhores possíveis. José Teixeira aponta as metas do Lar: “esperamos que o Lar possa continuar atendendo as crianças nas áreas de educação, saúde, odontologia e psicologia, assim como possa atender a seus familiares com a cesta básica”, conclui o presidente. 

Em síntese com as expectativas do presidente toda a Paróquia Bom Pastor espera que solidariedade continue sendo a palavra-chave para 2020. Que o Lar Frei Aurélio continue sendo símbolo da caridade e misericórdia de Deus.